Agronomia está presente na vida e no futuro de todos nós

Trabalho dos profissionais resulta no alimento para o dia a dia


Por CREA-SC

25/08/2021 09h37 Atualizado há 8 horas

Foto: Divulgação


O agronegócio é hoje um dos setores mais fortes da economia catarinense, principalmente na área de importação e exportação, e por trás de todo esse crescimento está o trabalho dos Engenheiros Agrônomos. O profissional envolve-se em praticamente todas as etapas – do plantio ou da criação de rebanhos à comercialização da produção. O Engenheiro Agrônomo é o responsável pela elaboração de documentos e pareceres científicos e técnicos de sua área profissional, podendo exercer prestação de serviços em consultoria na área agrícola e criação de animais. Sua competência envolve também a fiscalização e orientação aos produtores rurais em lavouras e rebanhos. Em 12 de outubro comemora-se o Dia do Engenheiro Agrônomo, profissão regulamentada no ano de 1933.

Áreas de Atuação: – Defesa sanitária: combater pragas e prevenir doenças em lavouras;

– Economia e administração agroindustrial: planejar e gerenciar as operações de distribuição e venda de produtos agrícolas; coordenar programas de crédito rural para cooperativas e produtores;

– Engenharia rural: projetar e supervisionar obras em propriedades rurais, como construções, nivelamento do solo, montagem de sistemas de irrigação e de drenagem.

– Fitotecnia: acompanhar o cultivo e a colheita de safras, buscando aumentar a produtividade por meio da seleção de sementes, do emprego de fertilizantes e adubos e do combate a doenças e pragas;

– Indústria e comercialização de alimentos: supervisionar e gerenciar a qualidade e a estratégia de preços de alimentos de origem animal e vegetal;

– Manejo ambiental: explorar racionalmente os recursos naturais, preservando o meio ambiente;

– Melhoramento animal e vegetal: realizar pesquisas e desenvolver técnicas visando à melhoria da produção;

– Produção agroindustrial: gerenciar o processo de industrialização de produtos agrícolas, controlando a qualidade final da produção. Pesquisar novas tecnologias e produtos;

– Meio Ambiente: recuperar áreas devastadas e cuidar do plantio e do manejo de áreas de reflorestamento, além de preparar relatórios de impacto ambiental; – Solos: preservar a fertilidade e controlar as propriedades físicas dos solos, prescrevendo seu manejo;

– Zootecnia: controlar a produção animal cuidando da alimentação, da saúde e da qualidade dos rebanhos.

Engenharia na vida e no futuro – Em homenagem às engenharias e geociências e buscando a valorização do trabalho dos profissionais do sistema – mais de 60 mil e 15 mil empresas registradas - o CREA-SC lançou no dia 9 de novembro e veicula até 8 de janeiro de 2021 a campanha institucional “Engenharia na Vida e no Futuro de Todos Nós”.

As peças estão sendo exibidas nas principais emissoras de televisão e rádio do estado, além das redes sociais, portais de notícias e mídias do Conselho, mostrando como os serviços prestados pelo setor fazem parte da vida em sociedade: os alimentos, a construção civil, a energia, as indústrias e as inovações que impulsionam o desenvolvimento e proporcionam segurança, bem estar e qualidade de vida.

– O material evidencia a importante atuação do CREA-SC neste sentido, que fiscaliza o exercício profissional em obras e serviços, garantindo a segurança da sociedade e valorizando a responsabilidade técnica em todas as áreas do sistema – assinala o presidente do CREA-SC, Eng. Agr. Ari Geraldo Neumann. Saiba mais sobre a campanha no portal do CREA-SC: www.crea-sc.org.br


#dicasdeblog #WixBlog

0 visualização0 comentário